Profissão: Professor de Artes, mercado de trabalho e salário

Home »

Como é a profissão de Professor de Artes? Como é o mercado de trabalho, formação necessária e salário de quem trabalha como Professor de Artes?

PG - -


// Respostas

bom Dia! fiz curso de letras, complementação pedagógica e gostaria de estar fazendo o curso para que eu possa lecionar nesta areá.Conheço pessoas q fizeram cursos artes visuais e hoje estão lecionando,em minha cidade á uma falta de profissionais nesta areá por este motivo e outros quero muito fazer e gostaria de receber alguma ajuda de como fazer este curso se tiver online ou uma fez por semana. grata

carla cristina pinto frigato - sp-Peruibe

PROFESSOR DE ARTE

Eu sou professora de Arte, (antes chamado de Ed artística) no estado de sp. Como professora, vc pode já ter uma ideia que não é compensador como ganho salarial. Na área da educação a arte é um pouco pior que outras disciplina.Porque nossa sociedade não a valoriza, nem o governo.Quando é enviado material didático/ pedagógico para as escolas nunca vem material para a disciplina de arte. Chegam livros para todas as disciplinas ma raramente chega os de arte, e quando vem são alguns paradidáticos, nunca houve livro didático de arte nas escolas públicas ( pelo menos que eu tenha conhecimento). Seguindo este fato, para o professor conseguir, ministra bem suas aulas e dar a devida atenção que a arte merece, para que seus alunos tenham no mínimo o conhecimento sobre a necessidade da arte e existência dela em nosso cotidiano, o profº deverá colocar material comprado por si mesmo desembolsando parte do seu salário. Aliado a este problema , esta disciplina como a de Inglês e Ed, Física, só tem duas aulas semanais por série. Isto significa que enquanto um profº de matemática ou língua portuguesa tem 6 aulas, e para completar uma carga horária de 30 horas, só precisa de 5 turmas, cinco diários outros trabalhos que serão de menores números. O profº de arte precisa de 15 turmas para ter o mesmo números de aulas e salário, e terá 15 diários para cuidar e preencher com dados referentes a suas aulas ( mais trabalho, com mais gastos pelo material). O desgaste é maior, por ser um maior número de aluno, e sem contar que algumas vezes não se consegue este número/aula em uma mesma escola e tem que trabalhar em duas escolas.

Quanto o material é assim didático/ pedagógico é assim que funciona: se vc quer a representação de uma obra de arte, vc compra ou faz xerox colorida, se for objeto tipo escultura tbm vc tem que se virar. Já gastei muito com livros, vídeos, cds e materiais

consumíveis tipo papel especial, tinta diferente, lápis de cor de qualidade, material para objetos tridimensionais etc, ( o que dão nas escolas são cadernos de desenho, lápis de cor da pior qualidade, tinta guache de má qualidade tbm e papel sulfite quando tem.

Para levar alunos a exposição, teatros, cinemas, apresentação musical, etc, é uma grande dificuldade por conta do poder aquisitivo dos alunos e nada vem por parte do governo. Sem contar uma grande burocracia para se tirar aluno da escola e a falta de apoio por parte de superiores. Eu falo mais da parte de artes visuais ( sou formada em artes plástica). Se vc pensar em ensinar dança, teatro ou música, aí se complica de vez, pois não se tem uma sala adequada para trabalhar exercícios corporais com alunos,som vocal necessário para cantar, ou para se tocar um instrumento sem perturbar outros professores... Em 20 anos ministrando aula de arte nunca estive em uma escola que tivesses este recursos como se deve, sempre tive que improvisar tudo ( já cheguei a levar por inúmeras vezes, tv, aparelho de vídeo ou dvd )de minha casa para ministrar uma aulas criativa e diferenciada, por exemplo com aulas de desenhos, da história da arte e de artistas etc...

Ainda em alguns casos vc tem que enfrentar preconceito por parte de colegas que acham que arte não é importante, e que vc está só brincando ou fazendo bagunça com alunos. Chegam a pedir suas aulas emprestada para por em dia seu contudo se estiver atrasado, dizendo que vc pode deixar de lado sua disciplina par incluir outra mais importante, Já sofri muito disto no início de carreira, mas como fui bastante orientada por bons professores na faculdade, eu enfrentava e me posicionava e mostrava a importância da minha disciplina e exigia meu espaço, assim fui conseguindo respeito por minhas aulas e pelos trabalhos de meus alunos. Quando comecei no magistério a 23 anos atrás os professores de 1ª a 4ª e de outras disciplinas e mais alguns diretores achavam que profº de arte deveria ajudar a enfeitar escola para os dia de festinhas, ensaiar alunos para apresentação de dia da mães e pais e assim outras coisas mais,. Foi preciso muitas vezes eu dizer sou profª de Arte, não decoradora ou apresentadora de eventos. Não foi nada fácil, hoje somos mais respeitados pelos colegas, mas o descaso do governo ainda é o mesmo.

Desculpe ser tão sincera, até pode assustar que tem a intenção de ser professor de arte, mas é a pura realidade. Mas mesmo assim se eu tivesse que fazer tudo de novo eu faria. Faria faculdade de arte, iria trabalhar com alunos de escola pública, só iria pensar duas vezes antes de gastar o que gastei ( se tivesse tudo em um poupança) poderia engordar minha aposentadoria, daqui a dois anos gastei muito mesmo tem livros pequenos aparentemente simples mais muito importantes, que custam de R$50,00 para mais já cheguei a pagar R$150,00 em um só livro. Mas valeu, o que vc aprende e uma faculdade de Arte vale por outras duas ou três faculdade, ( vc aprende muitas disciplinas inclusas,) que farão vc ficar preparado para ministrar quase todas outras disciplinas, se necessário ( coisa que não acontecem em outras áreas pelo que vejo).

Sendo assim se você gosta de Arte vá em frente que será muito feliz e recompensada em conhecimentos ( menos em grana).

Você ainda tem levar em consideração que vai gastar mais que outros estudantes, pois geralmente estas faculdade são mais caras, existem poucas, e o seu material a maioria é consumível( isto é vc gasta e tem que comprar outro) não dá para usar material emprestado de ex estudantes, a não ser os teóricos...

Mas veja bem, profº de Arte está em falta no mercado...( principalmente em escola pública) Tbm né!.. desse jeitoRSSSS .. desculpe!!!... não aguentei quis brincar, mas é sério... por aí vc vê que apesar de tudo ainda tenho bom humor, vale apena... vá em frente

Se for ser professor particular ou em instituições sociais não governamentais, o assunto difere de caso a caso, pode se ganhar bem e tbm pode se fazer só por amor gratuitamente, vai depender da situação no caso.

Boa Sorte...

marlene - Ribeirão Pires


// Dúvidas Relacionadas


 

2013   //   Utilweb   //   Política de Privacidade