Profissão: Advogado - Direito Público, salário e concurso, mercado de trabalho e salário

Home »

Como é a profissão de Advogado - Direito Público? Como é o mercado de trabalho, formação necessária e salário de quem trabalha como Advogado - Direito Público?

PG - -


// Respostas

preciso entender o que o que é um advogado(direito público)para saber se é mesmo isso que pretendo exercer se é iso que eu quero pra mim.se eu posso ser capaz de excercer se o que realmente quero para meu futuro apenas tenho algumas duvidas sobre essa profissão.quero entender tudo sobre esse assunto e coisas a mais etc ....

Débora Cristina Bernardo da Silva Sales - cristalina-go

O Direito Público, pode ser definido de muitas formas, dependendo do texto que se imprimir. Público é tudo aquilo que dá ideia de todos, de domínio de todos, que pertence a todos. A ideia é de uso coletivo, não pode ser considerado único ou individualmente, presta-se ao uso de todos: exemplo: Praça pública.

O Direito Público, pode ser também uma parte do Direito em si, um seguimento ou individualização do bem de sociedade de classe de um povo de uma população.. e nesta ideia tem se o Direito Privado: relativo a uma pessoa, ou aquela pessoa, ou bem particular de um único dono.

Como poderíamos dar um exemplo do Direito Público, simplesmente o Direito Penal, é público porque interessa à sociedade, é de interesse de todos da coletividade da união das pessoas, em seu bem estar.

O Direito do Trabalho, é público ou Privado.

Muitos defendem suas teorias a respeito de ser privado por se tratar de relação de Patrão e Empregado, outros defendem a teoria de ser a própria C.L.T. uma instituição de natureza Pública e atendendo aos apelos das duas correntes, entendo ser este ramo do direito, tanto Público como Privado, cada um por sua vez e a cada tempo, sendo portanto indivisível a tal título.

próximo tópico, o salário do advogado.

O advogado,começa plantando como um agricultor seus processos que na maioria das vezes darão frutos sem data prevista.

as ações de cunho indenizatórias, Trabalhistas Juizados Especiais e outras não são cobradas de início, ou seja como nas ações de separação, inventários e declaratórias se cobra do cliente com base na tabela da OAB.

Assim, de início é muito difícil a advocacia, somente se estabilizará com o decorrer do tempo, geralmente depois de dois anos de militância, começa o causídico a ter uma renda razoável.

O Mercado de Trabalho é imenso é muito bom, pois neste País, que não respeita o Direito adquirido, O Consumidor, os abusos e maus serviços prestados pela maioria das instituições públicas e privadas, fazem emergir milhões de causas na justiça.

VITOR MAURO GALATI - Rio de Janeiro


// Dúvidas Relacionadas


 

2013   //   Utilweb   //   Política de Privacidade