Por que temos de estudar na escola coisas que nunca iremos usar?

Home »

Uma dúvida que já passou pela cabeça de boa parte dos estudantes é por que temos de estudar na escola coisas que nunca iremos usar? Existe alguma explicação para a inclusão de tanta coisa na grade curricular dos cursos de ensino fundamental e médio que não será usado para nada?

PG - PG


// Respostas

Esta pergunta realmente é muito comum e eu me lembro que quando criança ouvia muito isso e aprendi a me perguntar também o porquê disso. Depois que cresci continuei ouvindo a mesma indagação, mas hoje depois de ter passado pela faculdade e atuar como professor compreendo melhor a questão. Vamos tentar esclarecer.

A escola básica tem um currículo aplicado como acontece em outros cursos, isto é, a proposta da escola fundamental e médio é formar pessoas capazes de interagir com a sociedade e responder satisfatoriamente aos diversos desafios que a vida irão propor. Claro que esta é uma definição minha e representa pelo menos em parte daquilo que eu enxergo como a escola regular deva ser enxergada.

Partindo então deste princípio é preciso ter em mente que um aluno que está sentado em uma cadeira no 6º ano do ensino fundamental, por exemplo, poderá ser um futuro médico, ou um advogado, talvez ainda um engenheiro da computação ou ainda um filósofo. Como preparar esta criança sem saber o que ele deverá seguir? Que tipo de conhecimento deve ser desenvolvido? O que ele precisará saber de matemática, de química ou de história?

Certo dia vi no Facebook uma imagem de um recurso usado em banco de dados que tem como fundamento a teoria dos conjuntos que muita gente não entendia porque estava estudando aquilo. Penso que uma pessoa que optou por fazer uma faculdade na área da computação entendeu melhor do que ninguém o porquê teve de ver tanta coisa de matemática no ensino fundamental ou médio.



// Dúvidas Relacionadas


 

2013   //   Utilweb   //   Política de Privacidade