Como cadastrar o CPF na Nota Fiscal Paulista

Home »

O que fazer para cadastrar o CPF na Nota Fiscal Paulista? O cadastro do CPF pode ser feito posteriormente, ou seja, mesmo dias depois de ter feito uma compra e possível ainda colocar o número do documento ou é apenas na hora da compra que vale?

PG - PG


// Respostas

Quando o governo de São Paulo lançou o programa chamado Nota Fiscal Paulista, muitas dúvidas vieram junto com ele e apesar de ter passado já alguns anos, muita gente ainda apresenta dúvidas relacionadas à com fazer o cadastro ou como cadastrar o CPF na nota fiscal. Bem, o CPF deve ser inserido na nota fiscal no momento da compra e pelo resonsável pela emissão da nota, portanto este é um ato passivo para o consumidor que deve limitar-se apenas a fornecer o número do documento ou cobrar a inserção dele na NF quando o vendedor não fizer a opção.

Não é possível inserir o CPF na nota posteriormente à sua emissão, já que uma nota fiscal é um documento que não pode ser alterado e quando há a necessidade de sua alteração, geralmente é necessário fazer o cancelamento daquela nota e a emissão de uma nova.

O motivo de isso acontecer no momento da compra e não posteriormente é que o estabelecimento comercial deverá informar o governo de São Paulo todas as notas fiscais emitidas, os valores das notas, entre outras informações. Dentre essas informações irá também o número do CPF do consumidor.

O que fazer para cadastrar o CPF na NF?

Quando fizer uma compra no estado de São Paulo é quase de praxe que o vendedor irá perguntar se você deseja colocar o CPF no nota, neste caso basta informar o número do CPF e depois conferir se ele foi mesmo emitido pelo vendedor. Quando não solicitado, você mesmo poderá sugerir o seu cadastramento.

Há risco de cadastrar o CPF errado?

É pouco provável que isso aconteça, especialmente em estabelecimentos que utilizam software para o fechamento da venda e a emissão do documento fiscal, já que neste caso o programa de computador verifica se o número do CPF é válido ou não, evitando assim que um erro de digitação pudesse levar ao cadastramento errado.


Quando o governo de São Paulo lançou o programa chamado Nota Fiscal Paulista, muitas dúvidas vieram junto com ele e apesar de ter passado já alguns anos, muita gente ainda apresenta dúvidas relacionadas à com fazer o cadastro ou como cadastrar o CPF na nota fiscal. Bem, o CPF deve ser inserido na nota fiscal no momento da compra e pelo responsável pela emissão da nota, portanto este é um ato passivo para o consumidor que deve limitar-se apenas a fornecer o número do documento ou cobrar a inserção dele na NF quando o vendedor não fizer a opção.

RICARDO FERREIRA DA SILVA - SÃO PAULO


// Dúvidas Relacionadas


 

2013   //   Utilweb   //   Política de Privacidade