Por que algumas rodovias têm pedágios e outras não?

Home » Serviços Públicos

Quem trafega pelas rodovias do país já deve ter notado que muitas rodovias são pedagiadas, ou seja, tem pedágios, enquanto que outras não têm. Por que isso acontece e quais as diferenças entre uma e outra a ponto de haver esta diferença?

[ Quero Responder ]

PG - PG


// Respostas

A ideia do pedágio é arrecadar fundos que serão usados para a manutenção da estrada e este é o único motivo que justifica a cobrança a tarifa para quem trafega nas estradas do país. No Brasil a cobrança já é bem antiga em algumas praças, mas teve seu ápice com a privatização de inúmeras estradas no Brasil, especialmente no estado de São Paulo onde as principais rodovias passaram para a administração da iniciativa privada.

Pedágios nas rodovias administradas pelo governo

Quando uma rodovia é administrada pelo governo, seja ele municipal, estadual ou o governo federal, a justificativa da cobrança é diretamente para os custos de manutenção da estrada, já que o governo não visa lucro e sim o uso do dinheiro público para o bem público.

Pedágios nas rodovias privatizadas

Mas quanto a rodovias que foram privatizadas é preciso considerar que essas empresas visam lucro e portanto o valor do pedágio inclui também o lucro das empresas concessionárias e administradoras daquela estrada.

O fato de algumas rodovias terem pedágios e outras não está de certa forma ligada ao fator privatização ou não. Aquelas que foram privatizadas têm pedágios e as que ficaram em poder do governo, algumas tem pedágios e outras não.

 


// PERGUNTAS RELACIONADAS


Responder / Comentar

Para responder ou deixar um comentário, preencha os campos abaixo é clique em Enviar.
Se o objetivo for fazer uma pergunta, clique aqui

Digite seu nome:


Digite seu email: (ele não será divulgado)


Cidade:


Resposta / Comentário: (respostas ou comentários inadequados serão excluídos)


Digite os números abaixo:


 

2013   //   Utilweb   //   Política de Privacidade